A importância da gratidão

Atualmente somos impulsionados a buscar mais e mais o tempo todo, mais resultados, mais sucesso profissional, mais títulos, mais conhecimento, mais dinheiro, mais promoção, mais, mais, mais, mais… Com isso nos deparamos com um aumento no número de pessoas frustradas, deprimidas, ansiosas e desesperançosas.

Isso acontece porque desaprendemos a exercitar nossa gratidão e olhamos apenas para o que queremos ter e não para aquilo que temos. O tempo todo queremos mais e mais coisas e quando algo não sai como planejado ficamos desiludidos e chateados, algumas pessoas ficam até com raiva da vida ou de algumas pessoas e com o tempo esses sentimentos negativos vão se acumulando e nos tirando o prazer das pequenas coisas cotidianas.

Uma das minhas coleções preferidas hoje no meu Bujo é o diário do gratidão (gratitude log) e tem me ajudado muito e relembrar o quanto recebo e possuo diariamente. Como funciona? É muito simples, reserve uma quantidade de páginas por mês no seu bullet journal ou em sua agenda/planner para anotar aquilo por que você é grato, então exercite sua gratidão da forma que for mais agradável e fácil para você.

No início eu colocava em meu daily log ou weekly log (descubra o que é aqui nesse artigo) os meus motivos de gratidão, mas ficavam perdidos no meio de tarefas e notas em geral e quando eu precisava recuperar a lista ficava difícil, então resolvi a pouco tempo atrás fazer da minha lista uma coleção e hoje ela já possui três páginas.

Anoto quase diariamente um ou mais motivos pelo que sou grata, seja um dia de sol e calor para curtir a praia ou um dia de chuva para molhar a terra, pelo emprego, por minha cama que me proporciona uma noite de sono tranquila, por meus amigos, por minha família ou mesmo por minha insônia que me fez pensar em um tema para escrever, ler ou estudar. Enfim, é só começar a escrever que vai se tornando mais e mais fácil.

Então quando alguma coisa não acontece como eu planejei ou começo a ficar chateada com algo pego a lista e dou uma olhada em quantas coisas tenho a agradecer e logo meu coração se enche de alegria. No fim de cada mês faço uma leitura e agradeço mais uma vez pelas bençãos recebidas e percebidas.

DSCN4008

Esse tipo de exercício de proporciona um crescimento pessoal incrível, mas não quer dizer que será um processo mágico e rápido, nem um amuleto, mas um exercício mesmo, que deve ser mantido em uma rotina, por mais difícil que pareça no início não desista, com o tempo fica mais fácil e nos traz muitos benefícios, pois passamos a olhar nossa vida de maneira mais leve e com mais alegria.

Li em alguns artigos que a gratidão é como um músculo que deve ser trabalhado para que esteja sempre forte, se não o exercitamos ele atrofia e fica com seu desenvolvimento prejudicado, gostei muito dessa ilustração. Então vamos exercitar nossa gratidão, não importa a forma como vai fazer, apenas faça. Coloquei a foto do meu diário da gratidão de janeiro, ainda incompleto, como exemplo para vocês.

DSCN4007

Você encontra exemplos lindos no pinterest e no instagram, mas uma lista simples como a minha já cumpre bem a função, o importante é exercitar sua gratidão.

Não tive intenção em me aprofundar nesse assunto, mas quem quiser pesquisar mais um dos autores que eu mais gosto é o Robert Emmons (professor de psicologia da Universidade da Califórnia), tem livros e artigos acadêmicos excelentes e tem também o Abraham Maslow (psicólogo americano).

Em tudo dai graças – I Tes 5: 18, já estava lá na bíblia. Viu como isso não é novidade e nem modismo, muito menos amuleto ou ¨invencionismo¨, e sim algo que deveria ser praticado por nós diariamente. Então vamos lá… comece a se exercitar e depois me conta como foi.

Gostou desse artigo? Deixe seu comentário e siga o blog. Beijinhos.

Anúncios

A leitura e a escrita, uma escolha

Muitas pessoas estranham o uso de um planner ou agenda em papel em plena era digital, acreditam ser mais prático o uso de um app do que de uma agenda. Então porque ir na contramão do sistema?

Eu escolhi usar o bullet journal por ser uma ferramenta organizacional completa, também por acreditar que sua flexibilidade e adaptabilidade são mais condizentes com meu estilo de vida, mas principalmente por me permitir um resgate de escrever e buscar melhorar minha caligrafia, coisas que andam esquecidas em nossos dias.

Eu sempre gostei do contato com o papel, das texturas, dos cheiros, das sensações produzidas, da realização de conseguir fazer uma letra diferente e tentar que cada dia seja mais bonita. Essa é a razão pela qual prefiro os livros físicos aos digitais, todas as sensações que temos ao folhear um livro, ao tocar no livro, fazer anotações, marcações, para mim livros são extremamente pessoais.

DSCN3798

Uma das lembranças que tenho de minha infância é a de quando eu olhava um livro amarelo que era dos meus tios e que tinha histórias que eu gostava, eu o tirava da prateleira e acariciava olhando as figuras e os símbolos, as letras, e eu me encantava quando minha mãe o pegava e lia para mim, era mágico, como aquele amontoado de símbolos se transformavam em algo cheio de sentido e diversão.

A mesma sensação de encantamento acontecia quando eu via minha mãe escrever, seja um bilhete, notas de compra, estudando… eu achava a letra dela linda e esperava que a minha fosse igual. E todo meu anseio era pode dominar aqueles códigos e saber ler e escrever, me comunicar, ter uma voz.

Sim, existem vários estudos neurolinguísticos que mostram a importância da caligrafia no desenvolvimento cognitivo de crianças e na detecção de algumas desordens neurológicas, mas para mim o que realmente importa são as sensações e aquisições que a leitura proporciona, ao terminar um livro você se sente enriquecido, adquire conhecimento, fica mais sensível e criativo, a leitura transforma e liberta a pessoas para inúmeras possibilidades de ser. E o melhor da leitura, ela se adapta ao que o leitor prefere, então basta escolher seu estilo literário favorito e se deleitar.

DSCN3944

Esses livros aí em cima são os que separei para ler esse mês… depois falo um pouquinho deles aqui. Já pensou em qual o próximo livro você gostaria de ler? Qual seu estilo favorito? Compartilhe aqui.

Minhas coleções no Bujo

Além dos compromissos e metas o bullet journal é também excelente para acompanhar nossas principais atividades, seja para acompanhar suas séries ou filmes ou planejar uma viagem.

Aqui eu mostro as principais coleções que pretendo usar esse ano e a medida que for acrescentando coleções vou colocando aqui.

  • Check list de viagens: sabe quando viajamos e quando já estamos no lugar lembramos que esquecemos alguma coisa importante? Esse check list nos ajuda a eliminar esse problema, basta colocar um símbolo na frente de cada item que você precisa levar e de acordo com o lugar que você vai, quando colocar o item na mala você preenche esse símbolo ou dá uma colorida, um destaque. A ideia do layout e do uso foi do blog da Maria Lowen – Serotonina.

DSCN3884

  • Lista de leitura de livros: desenhei uma estante com várias lombadas de livros em branco e a medida que termino a leitura coloco o nome do livro na lombada. Esse ano simplifiquei, ano passado eu colocava vários nomes e a medida que terminava de ler coloria o livro, mas às vezes esquecia de colorir por não ter lápis de cor em mãos ou hidrocor, então… simplificar a vida.

DSCN3881

Ah! Na página ao lado coloquei uma lista dos livros que quero comprar esse ano.

  • Minhas Economias: fiz várias colunas com vários quadrados e cada quadrado menor representa R$25,00. Dá pra economizar R$1000,00 em cada coluna. A medida que for “juntando” o valor é só dar uma colorida no valor correspondente ou fazer um x mesmo. Minha meta é preencher todos as colunas esse ano. Será que consigo?

DSCN3885

  • Habit Tracker: é importante conhecer nossos hábitos e saber aquilo que precisamos melhorar. Quero muito curtir mais a praia, fazer atividade física pelo menos 3 vezes por semana, voltar a estudar francês, ter uma rotina devocional e outras metas, mas também é muito bom ver que algumas coisas eu já alcancei.
  • Controle de gastos dos Cartões: como sempre fui muito consumista uma das minhas metas é controlar meus gastos e para isso coloquei uma página onde faço um gráfico com os gastos dos meus cartões de crédito para saber o quanto eu preciso melhorar no consumo.

(Faltou a foto porque o controle é em conjunto com o meu marido, mas prometo que vou fazer uma foto de um como exemplo para vocês verem).

  • Controle de entregas: como gosto de comprar online eu preciso me organizar para poder saber o que chegou e o que falta chegar, onde comprei e o número de rastreamento, então criei essa planilha simplesinha.

  • Páginas de citações: pego trechos curtos que li em livros e coloco em uma página para poder ler quando precisar de inspiração, para lembrar ou para citar em algum post.

  • Blog planner: ainda estou me organizando nesse aspecto, tudo é novo pra mim.

  • Ideias para o Blog
  • Lista de desejos: essa pode ter itens de curto, médio ou longo prazo é de vez em quando dou mais uma lida pra saber se tudo que desejo é o que preciso.

  • Canetas que quero comprar

  • Acessórios para o meu Bujo: são os washitapes, book darts, post-it, estêncil, entre outros. Tudo pra colorir mais meu Bujo.

Por enquanto são esses coleções que eu estou utilizando, mas a medida que forem sustenido outras necessidades eu posto aqui.