Bullet Journal 2019 – Fevereiro

Esse ano vou mostrar para você o passo a passo da elaboração do meu bujo a cada mês: como fiz os desenhos, materiais que eu usei e ideias diferentes que podemos usar para tentar torná-lo mais do jeito que a gente precisa. Os materiais vão variar ao longo do ano para mostrar como ele pode ser versátil usando diversos acessórios que temos em casa e que não precisam ser caros, necessariamente.

Nesse mês de fevereiro eu fiz algumas alterações no layout da primeira semana, não sei se vou manter assim as próximas semanas, mas não vai ter aquele spread semanal formatado, resolvi que vou fazer o  registro diário.
O por quê dessa decisão? Comprei o livro O método Bullet Journal, Ryder Carroll, ed. Fontanar, 326 páginas e vou tentar me manter o mais próxima possível do método original e assim poder utilizá-lo da melhor forma para mim. Mas… vou testar aos poucos esse mês, então comecei com os registros diários mesmo.

Então vamos lá… Esse mês o tema escolhido foi galáxia e toda a decoração do caderno vai ser com base nesse tema, a cor escolhida foi rosa e usei a cor 723 (pink) da Tombow para ser a de destaque. Não fiz a minha página de inspiração esse mês, porque pretendo colocar o quadro no meu escritório em breve. Se eu sentir muita falta dessa página ela volta mês que vem.

Para o registro mensal eu mantive o calendário que venho usando há quase um ano e tem funcionado bem, mas reduzi o tamanho um pouco para ter mais espaço para o quadro de metas, ideias e eventos. Gostei bem do resultado…

Mantive minha página de memórias e a de gratidão, também com layout bem simples, usei alguns adesivos para compor e fiz uns desenhos bem simples. Achei que a página ficou mais bonitinha com esses desenhos, mas vamos ver se vai ser funcional também. Fiz várias fotos mostrando porque eu realmente gostei.

Finalmente chegamos ao daily log, e aqui você vai perceber que mudei muito o layout e fazer colagem, para isso imprimi algumas imagens de galáxia do Pinterest, mas para essa semana usei só umas faixas de uma das imagens, se quiser ver a imagem original clica aqui ou segue meu perfil colorindoideias que sempre coloco novidades lá.

Como não vou colocar as datas predefinidas lá usei um recurso que já vi, mas como não quis cortar a folha do meu caderno usei uma das folhas destacáveis do final do caderno e cortei, usei fita dupla face para colar e fiz uma washitape para fazer o acabamento. Nessa meia página vou colocar minhas tarefas, o acompanhamento das minhas mídias sociais e o habit tracker. Meu sleep log vou fazer separado, mas ainda não defini o layout, então depois de pronto vou colocar lá no meu instagram.

Materiais usados:

  • Caneta dual brush Tombow nas cores 723 (pink), 761 (carnation), 800 (baby pink), 062 (pale yellow), 243 (mint), 620 (lilac), 451 (sky blue)
  • Adesivos transparentes de uma cartela que comprei na @dessamore
  • Adesivo rosa de uma cartela que ganhei
  • Caneta unipin fine line 0.5
  • washitape salmão 5mm
  • Fita adesiva dupla face
  • Cola em bastão.
  • Bem… esse foi meu mês de fevereiro, usei materiais diversos dessa vez e tentei ser mais criativa… E o seu, como ficou? conta aqui nos comentários! ☺️ Abraços e até a próxima.

    Anúncios

    Migrando meu Bujo de caderno: Novo ano, novo caderno

    Olá! Tudo bem com você?

    Hoje vou falar sobre como migrar de caderno no bullet journal. Meu caderno deu certinho para um ano. Você lembra do meu caderno preferido? Falei sobre ele nesse post e um dos motivos que me fazem gostar dele é que tem 249 páginas já numeradas, geralmente os cadernos possuem apenas 160 páginas e sem numeração.

    Eu comprei o livro O método bullet journal do Rider Carroll e lendo sobre migração anual ele indica a sempre começar o ano em um novo caderno, ano passado eu fiz isso sem saber que era indicado, mas porque eu queria a sensação de estar renovando meus projetos com o novo ano, então sobraram algumas páginas nele, além disso estava doida para estrear meu novo caderno.

    Esse ano foi uma feliz coincidência o caderno acabar junto com o ano… na verdade usarei até a página 234, mas as outras foram usadas para o pen test, coisa que não fiz nos meus cadernos anteriores e quando usava as canetas as páginas seguintes ficavam manchadas.

    Bem, mas vamos ao tema de hoje… como migrar do seu caderno antigo para um novo.

    A primeira coisa que devemos fazer é uma análise do índice, em uma folha anote todas as suas coleções e você terá um mapa daquilo em que usou seu tempo e sua energia. Assim terá como escolher quais as coleções você irá usar no novo caderno e quais as coleções, e até mesmo tarefas, não precisam te acompanhar no próximo bullet journal. Gostei da frase que Carrol colocou no livro: um novo caderno não é um recomeço – é um novo patamar atingido.

    No meu novo caderno eu mantive algumas coleções e acrescentei outras, mas muitas eu não vou usar em meu novo caderno, eu falei sobre minhas coleções quando iniciei meu caderno em 2018, para ler é só clicar aqui. As páginas obrigatórias para uso do método estão lá, claro, e são: índice, legenda e future log.

    Para começar deixei duas páginas com inspirações para 2019, que vão funcionar mais ou menos como meu quadro de inspirações mensais, que comecei a usar em outubro, só que mais estendida, na verdade é tudo aquilo, ideias e ferramentas, que preciso para atingir meus objetivos para 2019.

    E essa é a minha página seguinte, minhas metas para 2019, para o blog e para minha vida pessoal. Em 2018 não consegui escrever tanto quanto eu queria aqui e quero muito mudar isso. Tenho muitas ideias e às vezes elas ficam como um espiral em minha mente, principalmente quando vou dormir. Então preciso entender qual o melhor horário para sentar e fazer um brain dump.

    A seguir mantive minha lista de desejos, com local para colocar o valor na frente. Aqui são meus desejos materiais mesmo, aquilo que preciso comprar e que preciso me planejar para isso. Nas páginas seguintes acrescentei lugares para conhecer e dividi em lugares no Brasil e no mundo. Essa não é uma página que eu vou conseguir alcançar todos os lugares esse ano, mas são os lugares que eu quero ter em mente e como metas conhecer, então escrever e consultar sempre será muito bom para não perder o foco.

    A coleção seguinte tem a ver com essas duas anteriores, pois se eu quero comprar algumas coisas e viajar eu preciso economizar, então mantive a página para as minhas economias. Espero conseguir encher o potinho do desenho e precisar desenhar um novo e assim conseguir viajar e comprar alguns mimos.

    Uma outra coleção que entrou esse ano á a página para acompanhar meu crescimento nas mídias, aqui do blog e lá do instagram @colorindoideiasbr. Geralmente eu faço esse acompanhamento semanal, mas agora quero ter uma visão mais ampla, mensal e anual. No blog eu consigo ter essa visão, mas o IG não tem ferramenta no app para isso.

    Coloquei uma página também para anotar algumas informações importantes, como números de protocolos de atendimentos, senhas, códigos de acesso, etc. senti falta de uma pagina assim no ano passado, aí ficava colocando as informações em notas adesivas e só quando fui fazer a análise do bujo para migrar é que pensei em ter uma página dessas.

    Minha próxima coleção também é nova, é uma página de dados financeiros, minha página de orçamento mensal não foi funcional, com essa página eu pretendo acompanhar melhor meus gastos, pois ficarão todos em um único local. Assim eu vou poder avaliar se estou gastando muito no cartão e controlar melhor meus gastos e consumo.

    A página seguinte é uma coleção que usei ano passado, acho que foi a que mais usei, são meus livros lidos no ano… a princípio iria colocar apenas no meu registro de livros permanente, mas aqui ela faria falta. Posso dizer que é minha coleção favorita, embora eu não tenha conseguido ler minha meta de 48 livros no ano, fiquei feliz, pois consegui ler 32 até agora. Vou manter minha meta para 2019 e tentar alcançá-la.

    Como em 2019 vou participar de duas leituras coletivas – Os miseráveis, Victor Hugo e Lendo Stephen King – também vou colocar uma coleção para cada uma delas, mas ainda estou pensando em como fazer o layout. Depois de pronto eu vou postar lá no IG.

    Abaixo coloquei as fotos das coleções para você ver como ficaram. Ah! usei esse tom de azul da Tombow para combinar com o caderno que foi escolhido em uma enquete lá no IG há uns meses atrás. Espero que goste, abraços! Espero você aqui no próximo post.

    Planejando o mês de julho

    chegou aquela época do mês que eu gosto de pensar em como planejar o próximo mês, o que posso fazer para facilitar minha rotina, meu dia a dia, minha vida. e julho é um mês bem especial para mim, pois é aniversário de meu pai, meu aniversário de casamento e esse ano ainda terei a felicidade de curtir bem de pertinho meu irmão, minha cunhada e meus sobrinhos, será um mês bem colorido para mim.

    então escolhi a cor azul como central para todo o mês, simplesmente amo essa cor, acho que é bem alegre… então para abrir o mês resolvi colocar uma capa novamente, parece que estava faltando alguma coisa, daí fiz essa capa bem simples mesmo e aproveitei para treinar lettering… conclusão: preciso praticar muito mais… mas acho que melhorou um pouquinho. o que você acha?

    continuei com o log mensal em formato de calendário, até agora foi o que eu mais gostei, talvez por ser um layout ao qual já estou habituada… não acho que isso seja bom, parece meio que acomodação, mas se está funcionando não tenho por que mexer. não é mesmo?

    reservei um espacinho para anotar minhas metas mensais, metas para o blog, os livros que selecionei para ler e aquilo que não posso esquecer. aí colei esses adesivos de estrela com carinha sorridente que acho uma gracinha, para dar um charme à página e quebrar a monotonia (no sentido literal da palavra).

    esse mês deixei uma página para frases e pensamentos do mês, um lugar para anotar aquilo que me inspirou ou para me inspirar quando for preciso, ainda não sei com que frequência vou anotar alguma coisa nela, mas acho que deve ser semanal, após avaliar tudo que aconteceu ou que li durante a semana. Enfim… depois conto o que eu resolvi, se deu certo ou não.

    e bem ao lado dela coloquei a página que eu mais gosto de fazer (sério mesmo, amo demais essa página): o meu diário da gratidão, um lugar para anotar tudo aquilo pelo que sou grata, pode ser um almoço com amigas ou algo que aprendi, todos os dias devo anotar alguma coisa, mas quando não anoto no dia (sim, às vezes isso acontece) no dia seguinte eu faço o exercício de me lembrar de tudo que aconteceu e de agradecer por algo específico.

    esse desenho lindinho eu peguei lá no site da Kara, o Boho Berry, um lugar cheio de inspiração e carinho. e foi o mesmo que usei no mês passado, é só escrever de forma simples pequenas frases ou mesmo uma palavra para expressar aquilo pelo que sou grata.

    finalmente chegamos no log semanal… adotei esse layout que é bem facilzinho de fazer e está me ajudando a aprender a usar as washitapes para decorar, tem um bom espaço para anotar as tarefas diárias e um espaço para colocar tarefas e metas da semana, mas que não tem dia específico ainda. aquele espaço que sobrou ali era pra ser um desenho, mas… faltou imaginação.

    também coloquei um espaço para anotar meu look diário, sabe quando parece que você está sempre usando as mesmas roupas em um mesmo dia e você não lembra? então resolvi anotar para ajudar a diversificar meus modelitos, já que trabalho todo dia. além disso, mantive o tracker semanal, assim ficou mais fácil de anotar e não esqueço mais de marcar aquilo que cumpri ou não.

    finalmente outra página que amo preencher, minhas memórias, anoto com uma palavra ou expressões curtinhas aquilo que marcou meu mês, não precisa ser apenas com palavras, também posso colocar o ingresso de um show, uma foto ou algo que me faça lembrar do evento que quero ficar na mente.

    bom… é isso, esse será o meu bujo de julho, bem simples e prático… mas com tudo que acho necessário para manter uma rotina organizada. espero que tenha gostado.