Bullet journal 2019 – Março

Olá! Fevereiro passou rápido e fiquei bem atarefada, além de ter ficado gripada, então fiquei ausente aqui e devendo trazer vários artigos que quero escrever, mas aproveitei a pausa do carnaval para dar um pulinho aqui e te mostrar como vou organizar meu mês de março.

Esse mês eu escolhi o tema Girl Power para compor as semanas em comemoração ao mês da mulher e esse tom coral que combinou com os adesivos que comprei da Andressa do @cruellaatelie. Achei que ficou bem lindinho!

Na capa de março usei um layout bem básico, apenas escrevi março com a ponta pincel, colei um adesivo com uma inspiração para o mês, leitura e tranquilidade e escrevi GRL PWR.

IMG_20190302_082321540.jpg

Para o registro mensal eu mantive o calendário, tinha pensado em fazer igual ao que o Carroll propõe no método, mas não consegui e também lendo o livro uma das coisas que ele fala do bujo é que ele é adaptável a necessidade de cada um, então desencanei da necessidade de seguir tão a risca o original.

Deixei um espaço para colocar minhas metas do mês, também tem um espaço para colocar ideias aqui para o blog e para o meu Instagram (já me segue lá? Não! Então clica aqui.) e os livros que eu pretendo ler e comprar, pesquisar mais sobre outros e fazer resenhas de alguns. Em seguida coloquei minhas páginas favoritas, memórias e gratidão, mantendo um layout simples, mas que tem funcionando bem para mim. Acrescentei uns adesivos fofíneos para dar um ar mais alegre.

Agora vou falar sobre as novidades no meu bujo, esse mês resolvi colocar meu Sleep Log e Habit Tracker em duas páginas separadas do spread semanal, já estou habituada a preencher essas páginas e acho que vou lembrar de preenchê-los, diferente de antes, depois conto se vai dar certo.

Mês passado fiz entre as semanas um planejamento de minha rotina ideal em uma página separada e gostei muito, ela é um esboço daquilo que devo fazer para meu dia fluir sem estresse e atrasos, então resolvi mostrar para você aqui, pois já havia colocado lá no meu IG.

IMG_20190207_080418030.jpg

Meu registro semanal voltou a aparecer aqui. Lembra que em fevereiro eu tentei usar o registro diário? Então… não deu certo eu ficava ansiosa para colocar tudo que havia planejado para a semana e esse é o objetivo oposto do método. A diferença é que agora ele tem muito mais espaço para eu anotar aquilo que aconteceu no dia.

O que eu usei: caderno Leuchtturm1917, caneta Tombow dual brush 873 (Coral), caneta unipin 0.1, canete Tombow fudenosuke hard, adesivos da Cruella.

E era isso que eu queria mostrar a você do meu planejamento mensal! espero que tenha gostado. Beijinhos e até breve! Fale um pouquinho como você se organiza também.

 

 

Anúncios

Bullet Journal 2019 – Fevereiro

Esse ano vou mostrar para você o passo a passo da elaboração do meu bujo a cada mês: como fiz os desenhos, materiais que eu usei e ideias diferentes que podemos usar para tentar torná-lo mais do jeito que a gente precisa. Os materiais vão variar ao longo do ano para mostrar como ele pode ser versátil usando diversos acessórios que temos em casa e que não precisam ser caros, necessariamente.

Nesse mês de fevereiro eu fiz algumas alterações no layout da primeira semana, não sei se vou manter assim as próximas semanas, mas não vai ter aquele spread semanal formatado, resolvi que vou fazer o  registro diário.
O por quê dessa decisão? Comprei o livro O método Bullet Journal, Ryder Carroll, ed. Fontanar, 326 páginas e vou tentar me manter o mais próxima possível do método original e assim poder utilizá-lo da melhor forma para mim. Mas… vou testar aos poucos esse mês, então comecei com os registros diários mesmo.

Então vamos lá… Esse mês o tema escolhido foi galáxia e toda a decoração do caderno vai ser com base nesse tema, a cor escolhida foi rosa e usei a cor 723 (pink) da Tombow para ser a de destaque. Não fiz a minha página de inspiração esse mês, porque pretendo colocar o quadro no meu escritório em breve. Se eu sentir muita falta dessa página ela volta mês que vem.

Para o registro mensal eu mantive o calendário que venho usando há quase um ano e tem funcionado bem, mas reduzi o tamanho um pouco para ter mais espaço para o quadro de metas, ideias e eventos. Gostei bem do resultado…

Mantive minha página de memórias e a de gratidão, também com layout bem simples, usei alguns adesivos para compor e fiz uns desenhos bem simples. Achei que a página ficou mais bonitinha com esses desenhos, mas vamos ver se vai ser funcional também. Fiz várias fotos mostrando porque eu realmente gostei.

Finalmente chegamos ao daily log, e aqui você vai perceber que mudei muito o layout e fazer colagem, para isso imprimi algumas imagens de galáxia do Pinterest, mas para essa semana usei só umas faixas de uma das imagens, se quiser ver a imagem original clica aqui ou segue meu perfil colorindoideias que sempre coloco novidades lá.

Como não vou colocar as datas predefinidas lá usei um recurso que já vi, mas como não quis cortar a folha do meu caderno usei uma das folhas destacáveis do final do caderno e cortei, usei fita dupla face para colar e fiz uma washitape para fazer o acabamento. Nessa meia página vou colocar minhas tarefas, o acompanhamento das minhas mídias sociais e o habit tracker. Meu sleep log vou fazer separado, mas ainda não defini o layout, então depois de pronto vou colocar lá no meu instagram.

Materiais usados:

  • Caneta dual brush Tombow nas cores 723 (pink), 761 (carnation), 800 (baby pink), 062 (pale yellow), 243 (mint), 620 (lilac), 451 (sky blue)
  • Adesivos transparentes de uma cartela que comprei na @dessamore
  • Adesivo rosa de uma cartela que ganhei
  • Caneta unipin fine line 0.5
  • washitape salmão 5mm
  • Fita adesiva dupla face
  • Cola em bastão.
  • Bem… esse foi meu mês de fevereiro, usei materiais diversos dessa vez e tentei ser mais criativa… E o seu, como ficou? conta aqui nos comentários! ☺️ Abraços e até a próxima.

    Planejando meu mês de dezembro

    E dezembro chegou… será que só eu acho que o mês de dezembro passa em um piscar de olhos? Não sei se é porque são muitas atividades, muita coisa para pensar e fazer… tem lista de presentes para pensar, preços para pesquisar (afinal não dá para sair comprando sem pesquisar o melhor custo), compras para fazer, cartões para escrever (sim, ainda prefiro cartões), organizar a ceia de natal, receber a família e os amigos ou até mesmo viajar, mas o fato é que de repente já chegou o natal e o ano novo. Então é necessário planejar bem cada atividade para assim evitarmos o estresse, não é mesmo?

    Hoje vou mostrar como ficou o meu mês de dezembro e também aquilo que eu mudei para melhor atender esse mês mais corrido. Então vamos lá…

    Mais uma vez coloquei uma capa, mas não gostei do resultado dela, sabe quando a gente pensa uma coisa, tem uma imagem nítida na mente de como quer fazer e simplesmente não sai… pois é, foi assim esse mês com a capa de dezembro, mas coloquei aqui a primeira capa para você ver que nem sempre as coisas dão certo, mas não é por isso que vamos desistir…

    Então eu fiz uma segunda capa, ou uma contracapa, se preferir, e precisei adaptar o calendário, pois é fim de ano e a quantidade de folhas do meu caderno está a conta, ele deu certinho para o ano todo. Aí acrescentei também minhas metas e espaço para a lista de livros que quero ler e que preciso comprar para o próximo ano. Abaixo eu coloco as duas imagens para você comparar.

    Acabei gostando bem desse layout, pois ficou bem mais espaço para escrever minhas metas e anotar os livros, além de ter um espaço extra ali embaixo, caso precise anotar outras coisas… vamos ver se vou me adaptar a esse calendário minúsculo… pintei as bolas de natal com lápis de cor Faber-Castell SuperSoft.

    Mais uma vez fiz meu quadro de inspiração, gostei do resultado da outra vez, no mês passado, então repeti esse mês… coloquei elementos natalinos e escrevi algumas palavras sobre o tema do mês, além de colocar uns detalhes que aprendi a fazer no livro Caligrafia para Relaxar. Ah! Fiz também uma página para lista de presentes…

    Mais uma vez eu fiz as páginas de gratidão e de memórias, no mesmo padrão bem simples… mas estou pensando em colocar o desenho de um pisca-pisca para a página de memórias e de uma árvore de natal para a página de gratidão. O que você acha?

    E finalmente minha página semanal… Mantive o mesmo layout e usei uns adesivos de uma cartela que ganhei da minha prima… As cores combinaram demais com a paleta que escolhi para esse mês… Mantive meu habit tracker nessa página, tem funcionado bem assim, pois não me esqueço de marcar as coisas mais. Fiz um sleep log também, por enquanto estou apenas marcando o tempo de sono, mas pretendo usar um color code para monitorar também minha qualidade de sono.

    Esse desenho que fiz aí é para um desafio semanal de um grupo que faço parte e esse mês o tema é Natal… essa semana o tema será doces natalinos.

    Era isso que eu tinha para falar do meu planejamento de dezembro, ele ficou bem clean, sem muita coisas, mas tem sido bem funcional. Espero que tenha gostado…

    Esse mês ainda vou colocar aqui uma retrospectiva de cada parte do meu bullet journal, aí vai dar para ver como ele mudou durante o ano e como foi ficando do jeito que eu queria. Além de ver que eu melhorei um pouquinho na técnica de fotografia, composição de fotos e no lettering.

    Se quiser me acompanhar se inscreve aqui na página que a cada post novo que sair vai chegar um e-mail para você.

    Abraços e até lá!

    Caligrafia para relaxar #3

    Olá!!! Hoje vou continuar mostrando as atividades do livro Caligrafia para Relaxar: cultivando a calma e a alegria com a arte da escrita à mão, da autora Amy Latta, editora Sextante. Nos posts anteriores falei sobre a falsa caligrafia e sobre as lições dos capítulos 2 a 4, hoje vou falar sobre as lições dos capítulos 5 a 11.

    Para essas atividades são indicados os seguintes materiais:

    • lápis HB
    • lápis colorido
    • borracha
    • régua
    • caneta esferográfica
    • caneta hidrográfica
    • caneta marca-texto ou outra com ponta chanfrada
    • caneta ponta fina (01, 03)

    Vou descrever brevemente cada capítulo e cada técnica com intuito de apenas dar uma diretriz para você começar a usar cada técnica e começar a criar seu lettering, então vamos lá.

    Letra de forma caprichada: No capítulo cinco vamos treinar esse tipo de letra, que nada mais é do que escrever a letra de forma (maiúscula ou minúscula) e dobrar as linhas em um dos lados, algo bem parecido com a técnica da falsa caligrafia, só que no lugar de ser a linha descendente em destaque será apenas um dos lados da fonte, quase sempre à esquerda da letra, com exceção das letras d, g, q, u, y (minúsculas) e Y (maiúscula) que terão os traços engrossados à direita. Você pode entender melhor no exemplo abaixo, preferi misturar a falsa caligrafia e a letra de forma caprichada (toda em maiúscula) para quebrar a monotonia exatamente como sugerido pela autora.

    IMG_20181015_200712917.jpg

    Espirais simples: esse capítulo é um desafio para mim, pois ele traz todo o passo a passo dos espirais fora da letra, aí eu fiz, treinei, repeti e ficaram lindos, mas quando coloquei junto à letra… que horror, não gostei do resultado… então treinei várias vezes até chegar a um resultado que me deixou satisfeita no momento, mas preciso melhorar, e muito, com os espirais. Aqui não segui a sugestão total da autora, afinal de contas precisamos estimular a criatividade. Olha o resultado na foto aí embaixo…

    IMG_20181011_142440151.jpg

    Mirando as setas: o capítulo sete não traz nada de novo quanto ao Lettering, apenas o uso de setas nas composições, então como não sabia ao certo como usar a seta de outra forma segui exatamente a formatação da autora, mas no lugar de manter tudo na cor preta coloquei um tom de azul na letra de forma caprichada.

    IMG_20181011_142547461.jpg

    Brinque com as serifas: No capítulo 8 vemos mais uma variação de fontes, agora vamos adicionar a elas as serifas que são pequenas linhas na ponta dos traços que decoram  e dão um acabamento bonito, além de serem consideradas mais fáceis de ler, por esse motivo são usadas na maioria de materiais impressos. Eu, particularmente, prefiro as fontes sem serifas aqui no blog.

    No lettering as serifas podem ter várias formas com fins decorativos, para isso podemos colocar um traço, um triangulo, uma gota, um círculo, etc… para fazer essa função e dar mais um charme a letra. A autora sugeriu o uso de uma faixa para destacar a palavra não, mas mudei um pouquinho o layout e até que gostei do resultado. Ah! Amei essa frase!

    IMG_20181011_142608263.jpg

    Crie flores coloridas: O capítulo nove também não traz nada de novo no designe das fontes, mas gostei bem dele, pois ensina a fazer flores de uma maneira superfácil, basta fazer vários círculos próximos, no centro colocar alguns pontilhados, acrescentar algumas folhas e ramos e está pronta. O layout da frase eu fiz diferente, no lugar de escrever toda a frase com a técnica da falsa caligrafia na cor preta, como sugerido, mesclei com a técnica de letra de forma e usei o mesmo tom que pintei as flores. Fiquei feliz com o resultado.

    IMG_20181015_073653388-1.jpg

    Belos galhardetes de faixas avançadas: mais um capítulo que não ensina a técnica de lettering em si, mas sim como criar elementos para acrescentar valor a arte final, essas faixas estendidas são lindas e eu gostei muito da atividade. Realmente acrescentar alguns elementos no lettering faz toda diferença, bem como brincar com os tamanhos e estilos das fontes, torna a arte final mais interessante e harmônica. Mais uma vez mudei um porquinho o layout sugerido pela autora.

    IMG_20181015_073728852.jpg

    Fonte 3D grande em negrito: Esse tipo de fonte é incrível, super simples, mas fica linda. A técnica consiste em escrever cada letra com caneta hidrográfica grossa, eu usei meus marca-textos que tem umas cores lindas, usei as fontes em letra de forma maiúscula para essa técnica.

    Após escrever as letras com a hidrográfica basta contornar as bordas externas com a caneta fine liner, eu usei a Unipin preta 01, e em seguida sombrear as letras, a autora sugeriu o traço à direita (como se houvesse luz à esquerda) e eu segui a indicação, usei para esse efeito a caneta tombow dual brush cinza (N79). Segui exatamente a indicação da Amy, pois às vezes me perco com sombreados além de mesclar também a técnica das palavras que ficam no meio do lettering, usando a letra de forma com serifas, sendo estas umas bolinhas e achei o resultado bem legal.

    IMG_20181015_073753494.jpg

    Então era isso, ficou muita coisa para falar, mas fui bem sucinta, afinal a minha intenção é mostrar cada lição e incentivar você a fazer a técnica, mas a adquirir o livro se quiser conhecer cada capítulo mais a fundo. Ah! algumas lições, a maioria eu não colori a borda que vem no livro, então quando estiverem coloridinhas e bonitinhas vou colocar lá na minha pasta do Pinterest, é só ir lá conferir meus letterings e todo o conteúdo aqui do blog e do meu Instagram, tem também várias pastas com imagens para inspiração.

    Nas próximas lições vou aprender sobre como misturar as cores, a fazer floreios, molduras e cantos, a misturas fontes com menos medo e o alfabeto de bolinhas… espero você aqui para ver como eu me saí… espero também que você se anime e tente um pouquinho das técnicas que eu falei até aqui. Se ficou alguma dúvida pode me perguntar aqui nos comentários ou pelo e-mail, é só clicar em contato e vou responder a cada mensagem.

    Um abraço e até breve.

    Planejando meu mês de outubro

    Como o mês passou rápido não é mesmo… já estamos no final de setembro, a sensação que tenho é que os dias estão correndo demais, por isso é tão importante planejar nossa rotina e tudo aquilo que temos que fazer. Antes eu não conseguia ser tão produtiva quanto hoje, por isso percebo cada vez como o bullet journal me ajudou nesse processo.

    Então vamos conhecer um pouquinho de como vou planejar meu próximo mês… se você já me acompanha a algum tem sabe que eu sempre escolho uma cor para usar durante todo o mês, então para outubro escolhi esse verde menta, não sei muito bem nome de cores, mas acho que é esse mesmo, e como quis fazer uns desenhos de flores usei também um pouco de rosa, que talvez volte a aparecer, mas ainda estou estudando como fazer para não ficar estranho.

    Como já falei a capa do mês eu mudei, resolvi ousar mais um pouquinho, ser mais artística, então fiz um desenho, pintei, usei washitape e coloquei um calendário para complementar o layout e facilitar acesso as datas de forma rápida. Então ficou assim…

    Coloquei uma página de inspiração para o mês, aqui pretendo colocar frases, recortes, desenhos, adesivos e tudo o mais que me ajude no processo criativo, toda referência que posso ter para criar mais e mais. Ainda não havia preenchido nada no momento da foto, mas quem quiser pode acompanhar na minha página do Instagram que com certeza vou colocar nos próximos dias.

    A seguir coloquei meu registro mensal, com o layout de calendário de sempre. Eu preciso sempre dessa página, pois não faço todas as semanas de uma vez só, então os compromissos que já tenho agendado coloco nesse calendário e a medida que vou fazendo o spread semanal vou colocando nas datas os compromissos que já estavam marcados aqui. Nessa página também coloco um espaço para notas, um local separado para os livros que quero ler e os que quero fazer resenha, minhas metas do mês e um mini planejamento para o blog.

    Em seguida coloquei as páginas que eu mais amo no meu bujo – memórias e diário da gratidão – esse mês elas estão juntas. Escolhi coloca-las juntinhas porque percebi que elas meio que se repetiam e misturavam… então agora elas vão ficar realmente juntas e meu maior desafio vai ser resumir meu motivo de gratidão em uma palavra ou expressão, realmente, curta.

    E finalmente chegamos no spread semanal – semana 40 – gostei muito do jeitinho que ficou, achei bem clean e funcional. Dessa vez coloquei todos os dias da  semana em uma página e as listas e trackers em outra página, não teve nenhum motivo específico, a outra forma que eu usava funcionava muito bem (se quiser lembrar clica aqui), mas quis mudar para sair da mesmice e poder exercitar minha criatividade, afinal de contas sair da zona de conforto é importante. Não ficou lindinho?

    Era isso que eu tinha para mostrar do meu planejamento para outubro. E você, já se planejou? Qual seu método de planejamento preferido? Você gostaria que eu disponibilizasse alguns freebies aqui? Quais? coloca aqui nos comentários ou, se preferir, clica aqui e me conta. Abraços e até logo.

    Meu caderno preferido para Bujo

    quem acompanha meu instagram sabe que todo domingo publico meu spread semanal e aí muitas pessoas me perguntam qual o caderno que uso para meu bullet journal, então resolvi falar sobre esse tema hoje e vou falar um pouquinho sobre três modelos que eu usei e/ou uso e dizer qual o meu preferido para usar no meu dia a dia.

    Leutchtturm1917: o caderno possui canto arredondado, 249 páginas numeradas que podem ser pautadas, quadriculadas, pontilhadas ou em branco, as últimas 8 folhas são destacáveis, tem um envelope reforçado, seu fechamento é por elástico, o papel é acid free com gramatura de 80g/m² e suas dimensões de 145mm (l) x 210mm (a) x 1,9mm (e), além de ter 3 páginas reservadas para o índice e duas fitas marcadoras de página na cor da capa, que pode ser dura ou flexível e o peso é 410g.

    está disponível em 17 opções de cores para você escolher a que mais gosta ou usar uma para cada vez que começar um novo bujo. no Brasil só encontrei no Mercado livre e o valor é bem salgado, cerca de R$160,00, mas comprei pelo eBay e foi bem mais em conta, US$20,00.

     

    no teste da caneta ele teve um desempenho excelente – como pode ver na foto – usei as canetas Tombow ATB, Tombow fudenosuke, Unipin, Sakura gel, Staedtler fineliner, Stabilo point 88 e Stabilo Boss pastel e dessas apenas essa última vazou um pouquinho para a outra página.

    Cícero: possui uma linha específica para bullet journal que possui cantos arredondados, 160 páginas quadriculadas e pontilhadas, mas tem outras linhas com as versões pautadas e em branco também, tem um envelope reforçado, seu fechamento é por elástico, o papel é pólen com gramatura de 80g/m². dimensões 140mm (l)  x 210mm (a) x 14mm (e) e uma fita marcadora na cor da capa e o peso é 317g.

    acho que tem poucas cores para as versões pontilhadas e quadriculadas, a pontilhada está disponível nas cores preta, turquesa e floral e a quadriculada nas cores preta e roxa. quando comecei a usar o método eu comecei usando o caderno da Cícero com folhas quadriculadas, na cor preta.

     

    no teste da caneta ele teve um desempenho médio – ver na foto – pois muitas canetas vazaram para a outra página,  usei as canetas Tombow ATB, Tombow fudenosuke, Unipin, Sakura gel, Staedtler fineliner, Stabilo point 88 e Stabilo Boss pastel também. O preço é cerca de R$65,00.

    A.Craft: aqui nesse sistema não é um caderno, mas um capa de couro sintético, flexível e que possui quatro elásticos para encaixar os blocos e é deles que vou falar. As capas tem variedade de cores e até mesmo estampas, os elásticos combinam com as cores, harmonizando perfeitamente. dimensão de 150mm (l) x 210mm (a). os blocos estão disponíveis em folhas pontilhadas, quadriculadas, pautadas ou em branco com 72 páginas, miolo em papel avena (amarelo) com gramatura de 90g/m² e capa em papel kraft. depois de montar meu bujo todo (a capa e os 4 blocos pontilhados) ele ficou com 40mm (e) e 510g.

     

    no teste da caneta ele teve um desempenho excelente – como pode ver na foto – usei as canetas Tombow ATB, Tombow fudenosuke, Unipin, Sakura gel, Staedtler fineliner, Stabilo point 88 e Stabilo Boss pastel e dessas apenas a Satabilo Boss e algumas sakura gel vazaram um pouquinho para a outra página. O preço final do conjunto foi R$80,00, mas tem a vantagem de manter a capa e trocar apenas os blocos, por esse motivo preferi separar minhas coleções de livros, filmes, séries e meus cafés especiais nesse sistema.

    depois de tudo que falei  aqui o meu caderno preferido para usar no dia a dia é o Leuchtturm1917, pois é mais leve, tem excelente qualidade da folha, o que permite que eu use várias canetas que gosto sem me preocupar se vou estragar o verso da folha. deixo aqui alguns spreads que fiz nesse caderno, você pode conferir mais no meu instagram.

     

    mas também gostei muitos dos bloco da A.craft para ter em casa e fazer minhas coleções separadas – depois vou postar aqui como ficaram, afinal de contas ficava triste em ter que deixar minha estante de livros para trás cada vez que mudava de caderno.

    legenda: (l) = largura / (a) = altura / (e) = espessura